Caso Maddie

Caso Maddie. Autoridades alemãs não avançam pormenores sobre buscas a terreno de Brueckner

Rita Rogado

Rita Rogado

Jornalista

Polícia encontrou cave secreta e ilegal no terreno que seria usado por Christian Brueckner no ano do desaparecimento da crianças britância.

As buscas ao terreno próximo da casa do atual principal suspeito do desaparecimento de Madeleine McCaan terminaram esta quarta-feira .No entanto, as autoridades não avançaram pormenores sobre a investigação. Não se sabe ao certo o que estava a ser procurado pelos peritos.

A procuradoria confirmou apenas há dias que as buscas estão relacionadas com o desaparecimento da criança britânica no Algarve, em 2007. No último dia de buscas, a polícia alemã encontrou uma cave secreta e ilegal no terreno, em Hannover. Fazia parte de um barracão que seria usado por aquele que é agora o principal suspeito do desaparecimento de Maddie.

O terreno, que fica a cerca de 60 quilómetros da casa de Christian Brueckner, fica numa zona de habitações. Foi alvo de buscas nos últimos dias, com recurso a cães pisteiros e a escavadores. Segundo a imprensa local, o espaço aéreo da zona terá sido interditado.

As novidades sobre o desaparecimento de Madeleine McCaan apareceram há quase dois meses, com as autoridades alemãs a admitirem que acreditam na morte da criança britânica e com a identificação de Brueckner como principal suspeito do rapto.

O alemão de 43 anos vivia a poucos quilómetros do aldeamento turístico da praia da Luz, no Algarve, de onde Maddie desapareceu em 2007. Terá estado perto do local na noite do desaparecimento.

Christian Brueckner tem cadastro de crimes de abuso sexual de crianças, violações, roubos e tráfico de droga.