Coronavírus

Medidas para conter coronavírus já custaram 10 milhões

TIAGO PETINGA

Ministra da Saúde disse que a tutela está a trabalhar para acomodar esta despesa.

Especial Coronavírus

As medidas aplicadas para conter a epidemia do novo coronavírus em Portugal já tiveram um impacto de 10 milhões de euros no orçamento da Saúde, anunciou a ministra Marta Temido.

Na audição que decorreu hoje de manhã na Comissão Parlamentar de Saúde, a ministra disse que a tutela está a trabalhar para acomodar esta despesa.

"É para isso que nos preparamos antes de executar um orçamento", afirmou.

Sobre a necessidade de despesa extra na Saúde por causa das medidas de contenção da epidemia em Portugal, o deputado do PSD Álvaro Almeida disse que o seu partido estava disponível para aprovar um orçamento retificativo que contemplasse como despesa extra medidas no âmbito do combate ao novo coronavírus.

O deputado Moisés Ferreira (BE) lembrou, por seu lado, que caso a decisão do Conselho Nacional de Saúde Pública seja no sentido do encerramento das escolas, antecipando as férias da Páscoa, é preciso "acautelar situações como considerar a antecipação de férias como isolamento".

"É preciso agilizar, nesses casos, o acesso a baixa para assistência a família para não inundar os centros de saúde no caso de encerramento das escolas", afirmou.

O deputado disse ainda esperar que o estado português possa ajudar os portugueses que estão em Itália e queiram regressar.

Veja também: