Coronavírus

Dia de Portugal vai ser assinalado em Lisboa com algumas restrições

As celebrações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas estavam marcadas para a Madeira e África do Sul.

Saiba mais...

O 10 de junho já não ser celebrado na Madeira e na África do Sul.. pelo menos este ano. A pandemia do novo coronavírus obrigou a mexer na agenda do Dia de Portugal que vai ser assinalado em Lisboa, com algumas restrições, explicou o Presidente da República.

Coronavírus provoca cerca de 22 mil mortos em todo o mundo

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 480 mil pessoas em 182 países e territórios, das quais mais de 22.000 morreram.

Mais de 250 mil casos de Covid-19 diagnosticados na Europa

Com 258.068 casos, 14.460 mortais, a Europa é atualmente o continente mais atingido pela pandemia, à frente da Ásia (100.937 casos e 3.636 mortes), foco inicial do surto.

Para tentar conter o surto, os governos da UE estão a adotar medidas como o confinamento dos cidadãos e o fecho ou controlo de fronteiras, tendo ainda sido adotada uma suspensão das viagens (nomeadamente as aéreas) não essenciais.

Mais 17 mortes e 549 casos de Covid-19 em Portugal

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quinta-feira a existência de 60 mortes e 3.544 casos de Covid-19 em Portugal.

O número de óbitos subiu de 43 para 60 em relação ao último balanço da DGS, enquanto o número de infetados aumentou de 2.995 para 3.544, mais 549 relação a ontem, uma subida que representa um aumento de 18,3%.

Há, ao todo, 43 casos recuperados a registar, mais 21 que ontem.

SIGA AQUI AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Veja também:

  • Confidentes de alunos e cúmplices de professores: o braço contínuo

    País

    Chamam-lhes “funcionários” porque funcionam. A expressão até parece sugerir que eles são os únicos que “funcionam”, dentro de uma escola. Acalmem-se os tolos. Significa apenas que os “assistentes operacionais”, ou “auxiliares de ação educativa”, títulos mais pomposos do que “contínuos” – expressão que estimo muito - são pau para toda a colher.

    Opinião

    Rui Correia

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros