Coronavírus

Portugal com mais 21 mortes e 3.669 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Novo recorde de infeções e internamentos, segundo os dados da DGS.

Especial Coronavírus

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou no boletim diário deste sábado que há mais 21 mortes e 3.669 novos casos de Covid-19 em Portugal.

O número de mortes subiu de 2.276 para 2.297, mais 21 do que na sexta-feira. Deste total, 11 mortes registaram-se no Norte, 6 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 1 no Centro, 2 no Alentejo e 1 no Algarve.

O número de infetados subiu de 112.440 para 116.109, mais 3.669 em 24 horas, o número mais alto desde que declarado o início da pandemia.

Os internamentos hospitalares também atingiram nas últimas 24 horas os valores máximos registados desde o início da pandemia, num total de 1.455, mais 37 pessoas internadas do que na sexta-feira.

Na quarta-feira Portugal tinha superado o valor máximo registado em abril de 1.302 com o registo de 1.365 casos de internamento e na sexta-feira esse valor foi superado com o boletim a revelar que 1.418 pessoas se encontravam internadas em unidades hospitalares.

Nos cuidados intensivos estão internados 221 doentes, mais 23 do que na sexta-feira. O máximo de internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos foi registado em 07 de abril, dia em que 271 pessoas estavam nestas unidades com covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

As autoridades de saúde têm 57.024 pessoas em vigilância, menos 431 do que na sexta-feira

A DGS revela ainda que estão ativos 45.970 casos, mais 1.686 que nas últimas 24 horas.

Nas últimas 24 horas 1.962 doentes recuperaram, totalizando 67.842 desde o início da pandemia.

Dados por região

A região Norte continua a registar o maior número de novas infeções diárias, registando hoje mais 2.212 casos, totalizando 48.603, e 1.012 mortos desde o início da pandemia.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados 1.027 novos casos de infeção, contabilizando a região 52.340 casos e 919 mortes.

Na região Centro registaram-se 273 novos casos, contabilizando 9.661 infeções e 291 mortos.

No Alentejo foram registados 96 novos casos de infeção, totalizando 2.368 com um total de 35 mortos desde o início da pandemia.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 54 casos de infeção, somando 2.427 casos e 25 mortos.

A Madeira registou três novos casos nas últimas 24 horas, contabilizando 372 infeções, sem óbitos até hoje.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados mais quatro casos nas últimas 24 horas, somando 338 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

Género e faixas etárias

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

No total, o novo coronavírus já afetou em Portugal pelo menos 52.857 homens e 63.252 mulheres, de acordo com os casos declarados.

Do total de vítimas mortais, 1.168 eram homens e 1.129 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

Portugal tem pelo menos 72 concelhos com risco de contágio de covid-19 muito elevado

Há pelo menos 72 concelhos do país que têm um um risco muito elevado de infeção pelo novo coronavírus, sobretudo no norte do país.

A informação é avançada esta semana pelo jornal Expresso que mostra que a zona de maior incidência encontra-se no norte do país.

A fronteira de perigo é traçada quando existem mais de 120 novos casos de infeção por cada cem mil habitantes.

O risco de contágio é agora mais elevado em Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras. Nestes municípios, o Governo já impôs o dever de permanência em casa.

Também estão assinalados os concelhos de Paredes, Penafiel, Braga, Porto e Lisboa.

Aumenta também a preocupação com o número utentes e funcionários infetados em lares.

Açores têm 68 casos de Covid-19 e um doente internado

Nos Açores, o governo regional prolongou a situação de calamidade para as 5 ilhas que recebem voos do exterior.

Neste momento há 68 casos ativos na região e apenas 1 doente em internamento, no hospital de Ponta Delgada.

Máscaras passam a ser obrigatórias na rua

O Parlamento aprovou esta sexta-feira o uso obrigatório de máscara na rua.

O projeto-lei apresentado pelo do PSD impõe o uso obrigatório de máscara em espaços públicos durante três meses, renováveis, e prevê coimas entre 100 e 500 euros para os incumpridores.

"Recolher obrigatório é algo que temos de começar a pensar muito seriamente"

Pelo menos 1,145 milhões de mortos no mundo desde o início da pandemia

A pandemia da covid-19 já causou pelo menos 1.145.847 mortos e mais de 42.262.290 infeções no mundo desde que o novo coronavírus foi descoberto em dezembro na China, indica um balanço da agência France-Presse até às 11:00 TMG (12:00 em Lisboa). 28.754.900 doente foram consideradas curados.

Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 6.366 mortes e 482.954 casos em todo o mundo, segundo a AFP.

Países mais afetados

Os Estados Unidos são o país mais afetado, tanto em número de mortos como de casos, com um total de 223.998 mortos entre 8.494.044 casos, segundo o balanço da universidade Johns Hopkins. Pelo menos 3.375.427 pessoas foram declaradas curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais atingidos são o Brasil com 156.471 mortos em 5.353.656 casos, a Índia com 117.956 mortos (7.814.682 casos), o México com 88.312 mortes (880.775 infetados) e o Reino Unido com 44.571 mortes (830.998 casos).

Entre os países mais afetados, o Peru é o que conta com mais mortos em relação à sua população, 103 por cada 100.000 habitantes, seguido da Bélgica (92), Espanha (74) e Bolívia (74).

A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau) declarou um total de 85.775 casos (28 nas últimas 24 horas), incluindo 4.634 mortos (0 no último dia), e 80.876 curas.

A América Latina e as Caraíbas totalizavam hoje às 11:00 TMG 389.304 mortos em 10.830.540 casos, a Europa 260.198 mortes (8.499.613 infetados), os Estados Unidos e o Canadá 233.882 mortos (8.705.087 casos), a Ásia 164.802 mortos (10.088.549 infetados), o Médio Oriente 55.719 mortes (2.405.639 casos), África 40.930 mortos (1.698.937 casos) e a Oceânia 1.012 mortos (33.934 infetados).

Links úteis

Mapa com os casos a nível global

  • 0:43