Coronavírus

Covid-19. Espanha com 18.669 novos casos e 238 mortes

J.J. GUILLEN

Há quase 20 mil pessoas hospitalizadas devido à covid-19.

Especial Coronavírus

Espanha registou esta terça-feira 18.669 novos casos de covid-19, elevando para 1.259.366 o total de infetados no país, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 238 mortes atribuídas à covid-19, passando o total de óbitos para 36.495.

Deram entrada nos hospitais com a doença nas últimas 24 horas 2.137 pessoas, das quais 465 na Catalunha, 364 na Andaluzia, e 200 em Madrid.

Em todo o país há 19.943 pessoas hospitalizadas com a doença, o que corresponde a 16% das camas, das quais 2.754 pacientes em unidades de cuidados intensivos, o que corresponde a 29% das camas desse serviço.

Regiões mais afetadas

O nível de incidência acumulada em Espanha subiu hoje para 528 casos diagnosticados (seis mais do que na segunda-feira) por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, sendo as regiões com os níveis mais elevados a de Melilla (1.384), Navarra (1.182), Aragão (1.119), Castela e Leão (820), Ceuta (853), Catalunha (749), Rioja (746), e País Basco (656).

A maior parte das regiões espanholas, que têm autonomia em matéria de política de saúde, decidiu confinar os seus territórios ao nível de toda a comunidade autónoma e em muitos casos ao nível dos municípios, autorizando deslocações apenas em casos de necessidade (trabalho e saúde, entre outros).

Espanha em estado de emergência

O parlamento espanhol aprovou na semana passada a prorrogação do estado de emergência para lutar contra a pandemia de covid-19 durante seis meses, até 9 de maio de 2021, o que autoriza o recolher obrigatório das 23:00 às 06:00, podendo cada uma das comunidades autónomas adiantar ou atrasar a hora de início em uma hora.

A região espanhola de Castela e Leão, que faz fronteira com o nordeste de Portugal, decidiu hoje fechar ao público a partir da meia-noite de sexta-feira os restaurantes, bares e cafés, autorizando apenas o serviço de entregas em casa.

Os centros comerciais também vão encerrar e as visitas aos lares de idosos serão suspensas, para evitar o contágio da covid-19.

As medidas tomadas hoje em Castela e Leão preveem ainda que o comércio a retalho se mantenha aberto, enquanto os centros desportivos e instalações interiores, com exceção das competições oficiais, que devem ser realizadas sem a presença do público, são encerrados.