Coronavírus

Surtos de covid-19 aumentam nos lares de norte a sul do país 

Filipe Barbosa

Filipe Barbosa

Repórter de Imagem

A situação dos lares em Portugal.

Especial Coronavírus

No concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco, sobe para três o número de lares com surtos de covid-19. O mais recente foi confirmado esta tarde no lar Nossa Senhora do Amparo em Aldeia de Joanes com 17 casos positivos, 11 utentes e seis funcionários.

Já no distrito da Guarda, na freguesia de Reboleiro, concelho de Trancoso, surgiu um surto também num lar. Os últimos números conhecidos dão conta de 43 pessoas, 37 utentes e seis funcionários.

No norte do país, o lar Professor Vieira de Carvalho da Santa Casa da Misericórdia da Maia registou esta semana a segunda morte de um utente por covid-19. A instituição tem 51 pessoas infetadas.

No concelho de Setúbal há no total mais de 200 pessoas vítimas do coronavírus, resultado de cinco surtos ativos em lares de idosos.

A sul, no lar da Misericórdia em São Brás de Alportel, no Algarve, num universo de 72 utentes, 24 estão infetados e entre os trabalhadores surgiu um novo caso.

PORTUGAL COM MAIS 59 MORTES E 7.497 CASOS DE COVID-19, 3.927 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou no boletim diário desta quarta-feira que há mais 59 mortes e 7.497 novos casos de Covid-19 em Portugal. No total, o país regista 2.694 vítimas mortais e 156.940 infetados pelo novo coronavírus.

A DGS explica que dados apresentados no relatório desta quarta-feira incluem o somatório de 3.570 casos, decorrentes do atraso no reporte laboratorial, principalmente de um laboratório na região Norte, desde o dia 30 de outubro.

Nas últimas 24 horas estão mais cinco doentes internados nas Unidades de Cuidados Intensivos, totalizando 325.

Em relação aos internamentos em enfermaria são agora 2.337pessoas, menos 12 do que na terça-feira.