Coronavírus

Pingo Doce recua e mantém horário habitual

Rafael Marchante

Na quarta-feira, a Jerónimo Martins tinha anunciado que ia antecipar a abertura da "maioria das suas lojas" Pingo Doce para as 06:30, no fim de semana, devido às limitações de circulação.

Especial Coronavírus

O Pingo Doce anunciou esta quinta-feira que vai manter os horários habituais nos próximos dois fins de semana, depois do anúncio de abertura às 06:30, nos próximos dois fins de semana, ter gerado polémica.

"Face às múltiplas interpretações, também de implicação política, que têm vindo a ser feitas e veiculadas ao longo das últimas horas e ao nível da discussão pública gerada, o Pingo Doce informa que os horários habituais das suas lojas se manterão inalterados"

Através de um comunicado feito nas redes sociais, a Jerónimo Martins explica que a alteração extraordinária dos horários gerou uma “controvérsia nacional” que não estava à espera, nem que desejava.

Na quarta-feira, a Jerónimo Martins anunciou que iria antecipar a abertura da "maioria das suas lojas" Pingo Doce para as 06:30, no fim de semana, devido às limitações de circulação impostas devido à pandemia de covid-19, para evitar a concentração de pessoas durante a manhã.

Horários dos supermercados nos próximos fins de semana geraram polémica

O recolher obrigatório ao fim de semana em 121 concelhos do país e a falta de regras claras para o comércio estão a gerar polémica. A decisão dos supermercados Pingo Doce foi questionada por políticos e trabalhadores.

O Presidente da Área Metropolitana do Porto pediu mais respeito nestes tempos de pandemia, regras iguais para todos e uma decisão clara do Governo.