Coronavírus

Boris Johnson anuncia "maior programa de vacinação em massa na história do Reino Unido"

População mais vulnerável do Reino Unido vai começar a ser vacinada contra a covid-19 na próxima semana.

Especial Coronavírus

"Os cientistas conseguiram", começou por dizer Boris Johnson numa comunicação feita esta quarta-feira ao país, onde anunciou a aprovação da vacina da Pfizer/BioNTech no Reino Unido. O Governo aceitou a recomendação da agência reguladora independente de saúde e de medicamentos para aprovar a distribuição desta vacina pelo território britânico.

No plano de inverno já constava a preparação do Sistema Nacional de Saúde britânico para a vacinação em massa, a maior "da história do Reino Unido", aponta o primeiro-ministro.

Para travar excessos de otimismo, Boris Johnson lembrou que demorará alguns meses até que os mais vulneráveis estejam protegidos, apelando à população para continuar a cumprir as normas.

"Não nos deixemos levar pelo excesso de otimismo ou pela crença ingénua que a luta terminou. Não terminou", disse.

A primeira fase de vacinação incluirá utentes de lares, profissionais de saúde, os mais idosos e os mais vulneráveis a nível clínico.