Coronavírus

Covilhã prepara abertura de Unidade de Apoio Pós-Alta Hospitalar

Filipe Barbosa

Filipe Barbosa

Repórter de Imagem

Unidadade vai acolher os utentes que, embora tenham alta, precisam de cuidados e não têm condições para recuperar em casa.

Saiba mais...

No Centro Hospitalar Universitário da Cova da Beira, na Covilhã, estão 118 doentes internados e a unidade de cuidados intensivos volta a estar perto de atingir o limite da capacidade.

A autarquia está a preparar um hospital de retaguarda nas instalações do Seminário do Verbo Divino, na freguesia do Tortosendo, para acolher os utentes que, embora tenham alta clínica, precisam de cuidados e não tenham condições para recuperar em casa.

A unidade está quase pronta com 30 camas disponíveis em quartos com casa de banho privativa, mas há dificuldades no recrutamento de recursos humanos para poder começar a funcionar.

O presidente da Câmara da Covilhã e a Congregação do Verbo Divino, que disponibiliza o espaço, apelam a todos aqueles que tenham alguma experiência na área da prestação de cuidados para que ajudem neste projeto.

Os voluntários podem inscrever-se através do email do Centro Hospitalar Universitário da Cova da Beira: eventos@chcbeira.min.saude.pt. Devem indicar os dados pessoais, situação profissional e contato telefónico.

  • 20 anos da tragédia de Entre-os-Rios

    País

    A 4 de março de 2001, a Ponte Hintze Ribeiro, que ligava Entre-os-Rios a Castelo de Paiva, caiu e arrastou para o Douro três carros e um autocarro. Não houve sobreviventes, 59 pessoas morreram, 36 corpos nunca foram encontrados. Acompanhe aqui a emissão especial da SIC Notícias.

    Direto

    SIC Notícias

  • O cartão amarelo que não se percebe 

    Opinião

    Despir a camisola aquando da celebração de um golo é proibido pelas leis de jogo. Penso que toda a gente sabe disso. Aliás, basta apenas que um qualquer jogador cubra a cabeça usando essa peça de equipamento para ser sancionado.

    Duarte Gomes