Coronavírus

Teletrabalho. A gestão das famílias para que se possa estudar e trabalhar na mesma casa

Com o confinamento, cada divisão ganha uma função diferente e nem sempre é fácil conciliar horários.

Saiba mais...

O teletrabalho obriga a que haja uma gestão familiar diferente, uma vez que milhares de pessoas permanecem em casa nesta fase de confinamento.

No quarto, Carolina ensaia no saxofone. Alguns metros ao lado, na sala, José Marques dá aulas de ginástica. Acredita que o confinamento não pode parar o corpo e defende as vantagens de manter o exercício físico estes tempos.

Catarina é nutricionista e trabalha na Câmara Municipal de Matosinhos. Com o confinamento viu-se obrigada a trocar as consultas presenciais por conversas online. As conversas sobre nutrição duram mais ou menos meia hora. A última teve 13 mil pessoas a acompanhar os conselhos.