Coronavírus

Covid-19. Portugal com oito concelhos em risco muito elevado e nenhum em risco extremo

Pascal Rossignol

Segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgados.

Saiba mais...

Portugal tem oito concelhos em risco muito elevado de infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 e nenhum em risco extremo, segundo dados da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgados esta segunda-feira.

O risco extremo de infeção verifica-se quando um concelho tem uma incidência cumulativa a 14 dias acima dos 960 casos de infeção por 100 mil habitantes, enquanto o risco muito elevado significa uma incidência de entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes.

O número de concelhos neste patamar de infeção tem vindo a decrescer depois de um pico em 1 de fevereiro quando Portugal tinha 234 dos 308 concelhos em risco extremo.

Há uma semana o país tinha três concelhos em risco extremo de infeção e 14 em risco elevado.

Os dados divulgados reportam-se a um período de incidência cumulativa a 14 dias entre 17 de fevereiro e 2 de março.

Neste período estavam em risco muito elevado os concelhos de Resende (947), Manteigas (898), Barrancos (734), Funchal (697), Penela (574), Sobral de Monte Agraço (535), Câmara de Lobos (502) e Castanheira de Pera (497).

Consulte aqui o nível de risco do seu concelho.