Coronavírus

Pico da 4.ª vaga em Portugal pode acontecer no fim de julho ou início de agosto

Autoridades de saúde do Algarve estão preocupadas.

Saiba mais...

Mais de 2.300 infeções nas últimas 24 horas não deixam dúvidas aos especialistas: que dizem que Portugal já entrou na quarta vaga.

O país já está na quarta vaga, distribuída de forma desigual pelas regiões.

A variante Delta avança a ritmos diferentes dificultando a vida aos matemáticos porque os rastreios e os testes em massa não são tão eficazes, perde-se a capacidade de isolar e travar cadeias de transmissão e afirmar com rigor quando será o pico. No entanto, apontam para final de julho ou início de agosto.

O número de internamentos está a subir a um ritmo superior ao que previam os especialistas e o verão traz mais comportamentos de riscos.

No Algarve, onde um maior número de pessoas se concentra nesta época do ano, o aumento de casos de covid-19 preocupa as autoridades de saúde.

Esta quarta-feira, o Centro Hospitalar e Universitário do Algarve contabiliza 61 internados, 12 dos quais em cuidados intensivos.

Os especialistas já não têm dúvidas: a variante delta é mais contagiosa e já se faz sentir quase em todo o país.

Veja também:

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia