Coronavírus

Covid-19. Espanhóis vêm a Portugal para comprar autotestes mais baratos

Canva

Em Portugal os teste de antigénio podem ser vendidos em supermercados, o que faz com que o preço seja mais baixo que no país vizinho.

Saiba mais...

Os cidadãos espanhóis que vivem perto da fronteira com Portugal estão a optar por comprar autotestes de antigénio em terras lusas. A legislação é diferente nos dois países: em Portugal, os autotestes à covid-19 podem ser vendidos nos supermercados e a diferença de preços chega a ultrapassar os cinco euros.

Em Espanha, os testes de antigénio só podem ser vendidos nas farmácias e o preço médio, segundo fonte do Conselho Geral de Enfermagem de Espanha, está entre os 10 e os 14 euros. Já em Portugal, os testes rápidos podem também ser adquiridos em supermercados, o que os torna mais baratos para o consumidor.

O canal televisivo espanhol Antena 3 fez a prova: comprou um teste numa farmácia espanhola por perto de 7,50€ e, depois, atravessou a fronteira e comprou um novo teste, desta vez numa cadeia de supermercados portuguesa, por pouco mais de 2,50€. Ambos os testes têm funcionamento igual, diferindo apenas a marca.

O Conselho Geral de Enfermagem e o Sindicato de Enfermeiros já pediram ao Governo espanhol que regule o preço dos autotestes à covid-19, de forma a “acabar com a especulação e desigualdade de preços”. Avançam ainda que o custo destes testes em Espanha chega a ser “2.000% mais do que em países próximos, como a Alemanha”, onde o preço médio é de 75 cêntimos

A venda de autotestes em supermercados foi aprovada pelo Governo português em julho de 2021, de forma a reforçar a identificação de casos positivos de covid-19.

► Veja mais: