Coronavírus

Mais de cinco milhões de pessoas morreram em todo o mundo vítimas de covid-19

A taxa de mortalidade está a baixar. Na última semana morreram, em média, oito mil pessoas por dia.

Saiba mais...

A covid-19 já matou mais de cinco milhões de pessoas em todo o mundo. A marca trágica foi registada numa altura em que pode estar prestes a ser aprovado o primeiro comprimido para tratar a doença.

Os ensaios clínicos terminaram com resultados animadores: revelam que o comprimido reduz para metade o risco de morte ou de internamento. O medicamento foi desenvolvido pela farmacêutica norte-americana Merck, que vai avançar com o pedido de utilização de emergência. Se for autorizado pelo regulador, será o primeiro tratamento para a covid-19 aplicado por via oral.

A nova esperança surge na altura em que o numero de mortes ultrapassou a marca trágica dos cinco milhões em todo o mundo. Na ultima semana morreram, em media, oito mil pessoas por dia, mas a taxa de mortalidade está a baixar.

A tendência global está a estimular o alivio de restrições em países como o Chile, onde foram já reabertas as fronteiras aéreas aos passageiros vacinados.

Também a Austrália levanta, no próximo mês, uma das mais duras restrições do mundo no combate à covid-19: vai voltar a permitir viagens ao estrangeiro, um ano e meio depois. No entanto, os planos para a entrada de estrangeiros no país ainda estão a ser pensados.

► Veja mais: