Eleições nos EUA

"Mais amor, menos violência" pede Melania Trump na despedida da Casa Branca

Mensagem da primeira-dama contrasta com os quatro anos de presidência do marido.

Melania Trump despediu-se esta segunda-feira, dois dias antes de sair da Casa Branca, com uma mensagem para os norte-americanos: "escolher o amor ao ódio" e "a paz à violência".

Os termos da despedida de Melania contrastam com o ambiente de tensão que se vive no país, depois do assalto ao Capitólio por apoiantes do seu marido, em 6 de janeiro, que provocou cinco mortos.

Em vídeo, distribuído pela Casa Branca, com uma duração de sete minutos, Melania afirmou: "Devemos centrar-nos em tudo o que nos une, superar o que nos divide e escolher sempre o amor ao ódio, a paz à violência".

Apesar destas palavras amáveis, os Trump (Donald e Melania) vão romper uma das tradições mais antigas da investidura presidencial e sair da Casa Branca sem receber os seus sucessores, o democrata Joe Biden e a sua esposa, Jill.

A cerimónia de investidura de Joe Biden está marcada para quarta-feira, dia 20. A segurança da cerimónia obrigou à deslocação para Washington de mais de 20 mil efetivos da Guarda Nacional.