Presidenciais

Marisa Matias critica Governo pelo atraso nos apoios aos cuidadores informais

José Silva

José Silva

Repórter de Imagem

David Alves

David Alves

Editor de Imagem

A candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda esteve também no Rio tejo por causa da poluição e acusou Marcelo Rebelo de Sousa de falhar na proteção do ambiente.

No segundo dia de campanha em tempos de pandemia, Marisa Matias reservou a manhã para visitar uma das 800 mil pessoas que que cuidam de familiares 24 horas por dia.

A candidata do Bloco de Esquerda há muito que defende o Estatuto de Cuidador Informal e acusou o Governo de falhar nos apoios. Marisa Matias deixou também farpas ao atual Presidente da República ao considerar que Marcelo não esteve presente na luta pelo Estatuto desde o início.

"No primeiro encontro eu recordo-me de ter convidado todos os partidos políticos e o Presidente da República recém-eleito e ter ficado sozinha com os cuidadores e cuidadoras informais."

Durante a tarde, a candidata bloquista viajou até Abrantes onde junto ao Rio Tejo recuperou outra luta antiga - a defesa do ambiente que diz não ter tido a atenção devida do Presidente da República e do Governo.

ACOMPANHE A A SIC NA CAMPANHA