Guerra Rússia-Ucrânia

Santos Silva saúda povo ucraniano no Dia da Independência e reafirma solidariedade

Santos Silva saúda povo ucraniano no Dia da Independência e reafirma solidariedade
Horacio Villalobos
A Ucrânia comemora esta quarta-feira o 31.º aniversário da sua independência, na mesma data em que se cumprem seis meses da ofensiva militar da Rússia.

O presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, saudou esta quarta-feira o povo e o parlamento ucraniano no seu Dia da Independência Nacional, reiterando a solidariedade com a luta da Ucrânia "em defesa da independência e da integridade territorial".

Numa publicação no Twitter, Augusto Santos saudou os ucranianos e o Parlamento da Ucrânia neste dia.

Reafirmo a nossa solidariedade com a luta da Ucrânia em defesa da independência e da integridade territorial.

A Ucrânia comemora esta quarta-feira o 31.º aniversário da sua independência, na mesma data em que se cumprem seis meses da ofensiva militar da Rússia contra o país, iniciada em 24 de fevereiro.

A celebração da independência ucraniana - declarada em 24 de agosto de 1991, pouco antes da dissolução formal da União Soviética, de que fazia parte, - é assinalada com restrições e medidas adicionais de segurança um pouco por todo o país, devido ao receio de mais ataques russos numa semana de forte simbolismo.

Ao longo dos últimos seis meses, o conflito no território ucraniano deixou um rasto de destruição no país, provocou um número incerto de vítimas civis e de prisioneiros, mobilizou milhões em ajuda militar e humanitária e suscitou sanções contra Moscovo e várias mudanças no cenário geoestratégico mundial.

A ONU já confirmou a morte de mais de 5.500 civis, mas continua a alertar que o número será consideravelmente superior.

Últimas Notícias
Mais Vistos