Guerra Rússia-Ucrânia

Exército ucraniano já reconquistou quase 6.000 km2 aos russos

Volodymyr Zelensky, Presidente da Ucrânia
Volodymyr Zelensky, Presidente da Ucrânia
Alexey Furman
O Presidente Zelensky elogiou a “bravura” dos militares que permitiu recuperar território.

O Exército ucraniano reconquistou quase 6.000 quilómetros quadrados de território controlado pelas forças russas na Ucrânia, desde o início da sua contraofensiva lançada no início de setembro, revelou esta segunda-feira o Presidente Volodymyr Zelensky.

"Desde o início de setembro, os nossos soldados já libertaram quase 6.000 km2 de território ucraniano no leste e no sul, e ainda estamos a avançar", salientou o Chefe de Estado ucraniano no habitual vídeo noturno dirigido à nação.

Volodymyr Zelensky agradeceu em particular a três unidades militares, elogiando a sua "bravura" na operação que permitiu recuperar território conquistado pelas forças russas.

Caso sejam consolidados, estes ganhos serão os maiores para a Ucrânia desde a retirada das forças russas dos arredores de Kiev no final de março.

O Exército ucraniano anunciou pela primeira vez uma contraofensiva no sul, antes de fazer um avanço relâmpago na semana passada na região de Kharkiv, na fronteira com a Rússia no nordeste do país, forçando os soldados de Moscovo a recuar para outras posições.

As autoridades ucranianas também têm relatado sucesso na região de Kherson, no sul, ocupada pela Rússia e na fronteira com a Crimeia anexada e nas regiões orientais sob o controlo de separatistas pró-russos desde 2014.

Últimas Notícias