Isabel II

Marcelo estará presente nas cerimónias fúnebres de Isabel II

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, em Brasília, no Brasil
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, em Brasília, no Brasil
Andressa Anholete
Em declarações aos jornalistas no Brasil, o Presidente da República confirmou a presença no funeral.

O Presidente da República português, Marcelo Rebelo de Sousa, confirmou esta quinta-feira a presença nas cerimónias fúnebres da rainha do Reino Unido, Isabel II, em representação do mais antigo aliado britânico.

Em declarações aos jornalistas em Brasília, capital do Brasil, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que o Reino Unido é "o mais antigo aliado português" e "só podia ser o chefe de Estado a estar presente em representação dos portugueses" no funeral de Isabel II, que morreu hoje com 96 anos.

"Quando forem, naturalmente lá estarei", referiu, acrescentando que o ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, também estará presente nas cerimónias fúnebres.

"Logo no início do seu reinado teve uma visita em plena ditadura, mas foi um grande sucesso, em 1957, e nunca mais se esqueceu disso. Quando fui recebido no palácio de Buckingham em 2016 recordou isso, passo a passo, pormenor a pormenor, cidade a cidade, vila a vila, como recordou também a vinda 25 anos depois, estava Portugal em entrar nas comunidades europeias", recordou o chefe de Estado português.

Isabel II era uma monarca com uma "inteligência analítica" que conheceu "todos os líderes possíveis" em todo o mundo, acrescentou.

A rainha Isabel II morreu hoje aos 96 anos no Castelo de Balmoral, na Escócia, foi anunciado através da rede social Twitter da família real. "A rainha morreu pacificamente em Balmoral esta tarde. O Rei e a Rainha Consorte permanecerão em Balmoral esta noite e voltarão a Londres amanhã [sexta-feira] ", acrescenta a mensagem.

Últimas Notícias