Isabel II

Sinos, disparos de canhão e táxis pretos: as homenagens à Rainha Isabel II

Loading...
Milhares de pessoas juntam-se nas imediações do Palácio de Buckingham.

No Reino Unido, multiplicam-se as homenagens a Isabel II, depois da morte da monarca. Há milhares de pessoas concentradas junto ao Palácio de Buckingham, em Londres, e ao Castelo de Balmoral, na Escócia, para se despedirem da Rainha.

Na primeira manhã sem Isabel II, a memória da monarca está em todo lado.

As flores junto ao palácio de Buckingham são a homenagem possível no adeus à Rainha que tocou várias nacionalidades.

Foi também para celebrar a longa vida de Isabel II que milhares de pessoas se concentraram junto ao palácio assim que a notícia da morte foi divulgada.

Durante a noite, num gesto simbólico, os táxis pretos formaram longas filas no centro de Londres.

No luto da Rainha, 96 tiros de canhão, um por cada ano de vida da monarca, disparados em todo o país.

Na Catedral de São Paulo, a cerimónia religiosa para duas mil pessoas, entre elas, a primeira-ministra, na homenagem e oração à Rainha Isabel II. Repicaram os sinos horas antes num outro momento em honra da monarca.

O mesmo aconteceu na Abadia de Westminster e no Castelo de Winsor, onde a resiliência da Rainha não é esquecida.

Homenagens também por toda a Escócia a uma Rainha que marcou gerações.

Últimas Notícias
Mais Vistos