Isabel II

Rússia devia ter lançado ataque nuclear no funeral de Isabel II, sugere apresentadora russa

Apresentadora russa Olga Skabeyeva.
Apresentadora russa Olga Skabeyeva.
Rita Rogado
Programa pró-Kremlin "60 Minutes" costuma ser usado como veículo de propaganda russa.

A apresentadora russa Olga Skabeyeva sugeriu, na segunda-feira, que a Rússia poderia ter lançado um ataque com armas nucleares durante o funeral da Rainha Isabel II.

No programa pró-Kremlin "60 Minutes", a apresentadora, conhecida como a "boneca de ferro de Putin", defendeu que o dia do funeral da monarca britânica - 19 de setembro - teria sido o ideal para atacar o Ocidente.

Andrey Gurulyov, comentador e deputado da Duma, reagia ao aviso deixado pelo Presidente dos EUA, Joe Biden, de que haveria consequências se a Rússia usasse armas nucleares ou químicas na Ucrânia.

O comentador disse que o cenário é "uma possibilidade", mas não na Ucrânia, e sugeriu que podia ser na base aérea norte-americana de Ramstein, na Alemanha, ou no Reino Unido.

Em resposta, a apresentadora referiu que deviam ter aproveitado o momento do funeral da Rainha Isabel II:

"Deveríamos ter feito isso, estavam todos lá para o funeral".

O programa, transmitido no canal Russia-1, é frequentemente usado como veículo de propaganda russa.

O vídeo, que estava em russo, foi traduzido e divulgado nas redes sociais por uma colunista do The Daily Beast.

Últimas Notícias
Mais Vistos