A vacinação em Portugal e no Mundo

Covid-19. Bruxelas escuda-se no argumento de não poder comentar contratos para a compra de vacinas

União Europeia poderá não renovar os contratos para a compra de mais vacinas à AstraZeneca e à Johnson & Johnson.

A Comissão Europeia poderá não renovar os contratos com as farmacêuticas AstraZeneca e a Johnson & Johnson para compra de vacinas contra a covid-19 em 2022. A notícia é avançada pelo jornal italiano La Stampa e, questionada pela SIC, a Comissão Europeia não confirma, mas também não desmente.

Bruxelas diz que mantém todas as opções em aberto para que os 27 estejam preparados para as próximas fases da pandemia e quanto aos detalhes escuda-se no argumento de não poder fazer comentários sobre negociações contratuais.

O que sabe é que Bruxelas assume a necessidade de comprar mais doses.

VEJA TAMBÉM: