Mundo

Explosões em Beirute. "É um cenário devastador e assustador"

João Sousa

João Sousa, um fotojornalista português, testemunhou as explosões e os estragos que provocaram.

A devastação em Beirute deixou cerca de 300 mil pessoas sem casa. Os estragos provocados foram testemunhados por um fotojornalista português e por outra cidadã nacional que ficou ferida.

João Sousa viu de perto os efeitos do rebentamento provocado pelas violentas explosões com origem no porto da capital libanesa, que também causaram ferimentos a Marta Mendes, que estava perto do local.

O retrato de Beirute por João Sousa, o fotojornalista português a viver no Líbano

O cenário de destruíção transformou as ruas de Beirute a vários quilómetros da explosão que abalou a cidade.

A capital do Líbano tenta agora recuperar, principalmente com a ajuda de voluntários e doações. As autoridades libanesas já anunciaram que nunca será possivel reconstruir o porto em menos de um ano. Uma prova de que as marcas na cidade perdurarão por muito mais tempo.

Veja também: