Mundo

Novo ciclo político na Alemanha vai implicar negociações "complicadíssimas"

Partido Social-Democrata vence eleições na Alemanha com 25,7%.

Com uma margem mínima de 1%, o SPD venceu este domingo as eleições na Alemanha. Agora terá de encontrar dois parceiros de coligação para formar Governo.

Para o jornalista Rui Cardoso, esperam-se negociações demoradas e muito complicadas na Alemanha.

"Novo ciclo vai implicar negociações complicadíssimas", considera o jornalista Rui Cardoso.

As negociações para o próximo Governo podem demorar meses e são cada vez mais os que acreditam que a atual chanceler poderá continuar no cargo pelo menos até ao Natal.

Olaf Scholz, líder do SPD disse esta segunda-feira que o processo de formação do próximo Governo vai ser rápido e que os alemães querem os democratas-cristãos na oposição: "Vamos conseguir um Governo antes do Natal", disse.

Partido Social-Democrata vence eleições na Alemanha com 25,7%


De acordo com a contagem dos votos das eleições de domingo, o SPD conseguiu 25,7% dos votos, o melhor resultado desde a eleição de Gerard Schroder, mas, mesmo assim, vai precisar necessariamente de uma coligação de pelo menos três partidos para poder governar.

A CDU-CSU sofreu a pior derrota desde 1949, alcançando apenas 24,1% dos votos, o que corresponde a uma queda de 9% em comparação com as legislativas de 2017.

Atrás do SPD e da CDU, que governam alternadamente o país desde 1949, juntas ou como forças coligadas, estão os Verdes com 14,8% dos votos e os liberais do FDP com 11,5%.

VEJA TAMBÉM:

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia