Mundo

Ex-ministro José Luís Arnaut vai ser observador internacional nas eleições de Angola

Loading...

Mais de 14 milhões de eleitores estão inscritos para votar a 24 de agosto.

O ex-ministro José Luís Arnaut também foi convidado por João Lourenço para ser observador eleitoral nas eleições em Angola.

O social-democrata diz que será independente em todo o processo.

Mais de 14 milhões de eleitores estão inscritos para votar a 24 de agosto em Angola.

Nestas quintas eleições da história participam sete partidos e uma coligação e além da primeira participação de dois partidos, o Partido Humanista (PH) e o Partido Nacionalista da Justiça em Angola (P-Njango), a novidade neste escrutínio será a participação pela primeira vez dos eleitores angolanos residentes fora do país.

Paulo Portas também vai ser observador internacional

Paulo Portas vai ser observador internacional nas eleições de Angola, a convite do atual Presidente e recandidato.

O antigo vice-primeiro-ministro, quando questionado sobre as relações pessoais com João Lourenço, explica que aceitou o convite em nome das relações diplomáticas entre os dois países.

Últimas Notícias
Mais Vistos