Mundo

Justiça angolana garante que não recebeu pedido de anulação das eleições

Loading...
UNITA não aceita os resultados eleitorais de Angola e relata alegados ataques de membros do MPLA a militantes do partido.

O Tribunal Constitucional angolano contrariou esta sexta-feira o principal partido da oposição e garantiu não ter recebido qualquer pedido de anulação das eleições gerais.

Diz ter recebido dois recursos, um da UNITA e outro da coligação CASA CE, mas assegura que nenhum pede a anulação das eleições.

O líder da UNITA no Twitter dá conta da entrada de "uma ação legal para anular as eleições" e fala numa violação da lei eleitoral. Também a contagem paralela feita pelo movimento cívico liderado por Luaty Beirão rejeita a vitória do MPLA e aponta para um empate técnico.

Vários relatos de alegados ataques de membros do MPLA a militantes da UNITA têm chegado às redes sociais. A ONG OMUNGA também denunciou o que diz serem casos de violência policial e de tortura de jovens ativistas.

Últimas Notícias
Mais Vistos