Mundo

Lula da Silva regressou ao Brasil e teve de receber tratamento médico

Lula da Silva regressou ao Brasil e teve de receber tratamento médico
Armando Franca/AP

O recém-eleito Presidente do Brasil foi submetido a um tratamento médico num hospital em São Paulo.

Depois da viagem ao Egito e da passagem por Portugal, no regresso ao Brasil, o Presidente eleito Lula da Silva teve de ser submetido a um tratamento médico na corda vocal esquerda. Segundo o hospital, onde foi assistido, já foi dada alta ao petista.

Uma nota divulgada pela equipa médica indica que “o Presidente eleito do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, recebeu alta do hospital após um procedimento médico para uma remover leucoplasia de sua corda vocal esquerda”.

A equipa médica, citada pela agência Reuters, refere ainda que a equipa médica não encontrou “sinais de neoplasia ou massa anormal de tecido durante o procedimento”.

Através do Twitter, Lula revelou que já está “em casa” a recuperar e partilhou a nota da equipa médica.

Recorde-se que em 2011, Lula da Silva foi diagnosticado com um cancro na garganta. Além disso, os últimos meses foram particularmente agitados, tendo a voz o recém-eleito Presidente do Brasil ficado com a voz visivelmente para rouca.

O que é uma leucoplasia?

Recorremos à CUF para perceber melhor o que se passa com o próximo Presidente brasileiro. Ficamos a perceber que a medicina oral se divide em três grandes áreas, a saber: - rastreio e Diagnóstico Precoce do Cancro Oral; - Doença Benigna; e, - doença Potencialmente Maligna.

E é precisamente neste último ponto que encontramos a chamada leucoplasia. É apresentada como uma das “doenças mais comuns” que “se manifestam na boca e que têm o potencial de se transformar em cancro Oral”, lê-se no site da CUF.

Uma leucoplasia "manifesta-se como uma mancha branca na mucosa oral, não atribuível a infeção, fricção ou doença inflamatória. É a doença potencialmente maligna mais comum da cavidade oral”.

Últimas Notícias
Mais Vistos