Mundo

Derrota do Irão no Mundial vista como derrota do regime

Loading...

Os iranianos festejam a derrota no Mundial.

A eliminação da seleção do Irão do campeonato mundial do Qatar foi festejada nas ruas do país, sobretudo na cidade natal de Mahsa Amini, a jovem curda que morreu depois de ter sido detida por alegado uso incorreto do véu.

Nas redes sociais multiplicaram-se os festejos em várias cidades iranianas depois da eliminação da seleção, entendida como uma derrota do próprio regime.

No Qatar, nas imediações do estádio, a segurança foi reforçada, mas não evitou as manifestações de solidariedade à crescente revolta no Irão.

Num jogo onde não faltaram mensagens sobre o que se passa no Irão, destaque para o ambiente entre os adeptos iranianos e norte-americanos, em contraste com os Governos que não mantêm relações diplomáticas há décadas.

Nos dias que antecederam o jogo no Mundial, os dois países intensificaram as críticas, com o Irão a acusar os EUA de hipocrisia quanto ao pacto nuclear. E o Governo norte-americano a salientar a importância de se identificar os responsáveis pela repressão no Irão.

Últimas Notícias
Mais Vistos