País

Reestruturação do SEF. Forças de segurança podem ganhar mais competências 

PSP e GNR pedem mais meios para novas funções. 

Os sindicatos das forças de segurança defendem que a restruturação do SEF não deve ser feita à pressa por causa da morte do cidadão ucraniano no aeroporto de Lisboa.

O Governo quer que o processo de reestruturação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras fique concluído durante os primeiros meses de 2021.

As competências em matéria de controlo de fronteiras e investigação criminal vão passar para outras forças de segurança. A mudança é encarada com alguma apreensão pelos sindicatos.

PSP e GNR dizem que precisam de mais meios, caso venham a ficar com novas competências.

  • 1:45