País

Envio de dados de ativistas. Fernando Medina recusa demitir-se 

Autarca diz não ceder a delírios de oportunismo.  

Fernando Medina recusa demitir-se e diz que não vai ceder a delírios de oportunismo político.

É a resposta do presidente da Câmara Municipal de Lisboa a Francisco Rodrigues dos Santos e Carlos Moedas, que defendem que o socialista não tem condições para continuar à frente da autarquia, depois de ser conhecida a polémica com o envio de dados pessoas de três ativistas à embaixada russa.

Os ativistas em causa vão avançar com uma queixa na justiça.

Na Câmara de Lisboa, Fernando Medina promete tirar responsabilidades internas, mas fala apenas de reorganização dos serviços.