País

Especialistas preveem um verão "atípico e suave" em Portugal

O pico do verão deverá acontecer na terceira semana do mês de julho.

O especialista em Climatologia Mário Marques não tem dúvidas que as temperaturas extremas que atingem o oeste dos Estados Unidos e Canadá estão relacionados com as alterações climáticas. Para Portugal, as previsões apontam para um verão atipicamente ameno, com calor a afetar, sobretudo, no lestes e na Europa meridional.

“Claro que numa ou outra semana poderá existir calor. Penso que na segunda parte da terceira semana de julho podemos ter o pico do verão em Portugal. Mas penso que todo este verão será mais quente no leste e na Europa meridional”, disse o especialista em declarações à SIC Notícias.

Apesar do verão se prever “atípico, suave e um pouco antagónico em Portugal”, Mário Marques vê que as temperaturas mais moderadas poderão ter um “lado positivo”: "Em termos de incêndios, de covid-19 e outras situações até poderá ser benéfico”.

Veja mais: