País

Advogado de Tiago Vieira acredita que a acusação não faz sentido

Filho de Luís Filipe Vieira pode prestar alguns esclarecimentos às autoridades.

Tiago Vieira, filho de Luís Filipe Vieira, é um dos arguidos no processo que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos estatais e de algumas sociedades. Questionado à entrada do Tribunal Central de Instrução Criminal, o advogado de Tiago Vieira, Tiago Rodrigues Bastos, admite que o cliente pode prestar alguns esclarecimentos às autoridades.

Esta sexta-feira marca o segundo dia do interrogatório judicial, após a sua detenção na operação Cartão Vermelho, na quarta-feira. Em causa está uma investigação sobre alegados crimes de burla, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Para esta investigação foram cumpridos 44 mandados de busca a sociedades, residências, escritórios de advogados e uma instituição bancária em Lisboa, Torres Vedras e Braga. Um dos locais onde decorreram buscas foi a SAD do Benfica que, em comunicado, adiantou que não foi constituída arguida.

Luis Filipe Vieira é uma das quatro pessoas detidas, que, segundo o Departamento Central de Investigação e Acusação (DCIAP), são suspeitas de estarem envolvidas em "negócios e financiamentos num montante total superior a 100 milhões de euros, o que pode ter implicado elevadas perdas para o Estado e para algumas das empresas"

Veja também: