País

Suspensão da nomeação de Vítor Fernandes é "absurda", Governo devia propor novo nome, diz BE

Bloco de Esquerda defende novo nome para o Banco de Fomento.

O Governo suspendeu a nomeação de Vítor Fernandes para a presidência do Conselho de Administração do Banco do Fomento, para evitar "controvérsia" na instituição, disse esta segunda-feira o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

Catarina Martins considera "absurda" a decisão do Governo de suspender a nomeação de Vítor Fernandes. Para a coordenadora do Bloco, o Executivo devia propor um novo nome para o Banco de Fomento.

"Deixar a administração em suspenso é absurdo."

VEJA MAIS: