País

Ministra da Saúde emociona-se ao falar sobre "mal-entendido" com médicos

Marta Temido disse, na quarta-feira, que o Serviço Nacional de Saúde precisa de profissionais mais resilientes.

A ministra da Saúde afirmou esta quinta-feira que em momento nenhum disse que era necessário recrutar profissionais mais resilientes. Emocionada, Marta Temido, pediu desculpas e disse que está indignada com o mal-entendido.

A ministra da Saúde esteve esta quarta-feira na Assembleia da República a falar sobre a situação do Centro Hospitalar de Setúbal e a falta de médicos no Serviço Nacional de Saúde. O caminho para resolver esse problema seria apostar na contratação de profissionais mais resilientes e conscientes de que não é fácil desempenharem as suas funções no SNS, segundo Marta Temido.

"Todos nós como sociedade pensamos nas expectativas e na seleção destes profissionais, porque, porventura, outros aspetos como a resiliência são aspetos tão importantes como a sua competência técnica", admite Marta Temido.

Os profissionais de saúde ficaram revoltados com as declarações da ministra da Saúde. Os médicos e enfermeiros pedem que a tutela assuma que falhou e não impute responsabilidades aos outros.

Saiba mais