País

Presidente da República já aceitou alterações no Governo

Presidente da República já aceitou alterações no Governo
TIAGO PETINGA

O Presidente já deu luz verde e agendou a tomada de posse dos novos governantes para o final desta semana.

O Presidente da República informa, em nota publicada no site da Presidência da República, que aceitou as propostas do primeiro-ministro de exoneração de três secretários de Estado e a nomeação de três novos governantes. Três? Sim, António Costa também nomeou o seu novo braço-direito.

Loading...

Eis as pastas onde há mudanças: Assuntos Fiscais, da Economia, e do Turismo, Comércio e Serviços. Quem entra e quem sai? Vamos por partes. Desde logo, António Mendonça Mendes, atual secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, passa a ser o novo secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, lugar deixando vago por Miguel Alves - o ex-autarca de Caminha que não resistiu às polémicas que envolveram o seu mandato camarário.

Para a pasta da Economia, confirmam-se as saídas de João Neves e Rita Marques, passando Pedro Miguel Ferreira Jorge Cilínio a assumir a secretaria de Estado da Economia, e Nuno Jorge Cardona Fazenda de Almeida, a secretaria de Estado do Turismo, Comércio e Serviços.

"A posse dos novos titulares terá lugar na próxima sexta-feira, 2 de dezembro, pelas 12h00, no Palácio de Belém", informa a Presidência.

É de salientar uma questão: António Mendonça Mendes foi nomeado para o cargo de secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, mas na nota na consta qualquer nome para o cargo que o próprio deixa agora vago, ou seja, para a secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais.

Questão que ficou esclarecida ao final da tarde em nova publicação no site da Presidência. "Em complemento das exonerações e nomeações já anunciadas, o Presidente da República aceitou também as propostas do primeiro-ministro para as seguintes nomeações:

João Nuno Marques de Carvalho Mendes, para a secretaria de Estado das Finanças, Nuno Miguel Bernardes Coelho Santos Félix, para secretário de Estado dos Assuntos Fiscais (substituto de Mendonça Mendes) e Alexandra Margarida Vieira Reis para secretária de Estado do Tesouro.

“Não tenho mais nada a acrescentar”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, escusou-se a comentar as mudanças no Governo, e interrogado sobre quem assumirá os Assuntos Fiscais respondeu que só recebeu três propostas de nomeação.

Loading...

"Não tenho mais nada a acrescentar, eu recebi três propostas, são três propostas", afirmou o chefe de Estado, em resposta aos jornalistas, à saída de uma iniciativa na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Enquanto estava na Gulbenkian, o Presidente da República fez divulgar uma nota a comunicar que "aceitou hoje as propostas do Primeiro-Ministro de exoneração de três secretários de Estado: dos Assuntos Fiscais, da Economia, e do Turismo, Comércio e Serviços".

[Notícia atualizada às 23:05]

Últimas Notícias