País

Montenegro sobre operação Vórtex: "A mim não me fragiliza nem me intimida"

Loading...

O presidente do PSD, Luís Montenegro, nega qualquer envolvimento nos esquemas de corrupção imobiliária em Espinho.

O presidente do PSD, Luís Montenegro, negou qualquer envolvimento nos esquemas de corrupção imobiliária em Espinho.

"Eu não tenho nada a ver com esse processo. Aproveitaram-se para me tentarem enlamear no processo que está em investigação, é revoltante e repugnante"

Esta sexta-feira, questionado sobre as imagens captadas durante uma vigilância da Polícia Judiciária do Porto, Montenegro falou em aproveitamento político e garantiu que não fica fragilizado enquanto presidente do partido.

A 24 de março de 2022, a Polícia Judiciária do Porto esteve durante horas à porta do restaurante "A Cabana". A ação da vigilância da operação Vórtex coincidiu com a inauguração do novo estabelecimento do empresário Francisco Pessegueiro.

Nesse dia, Luís Montenegro foi fotografado a entrar no restaurante. Na altura, Montenegro ainda não liderava o Partido Social Democrata.

Em documentos a que a SIC teve acesso, o presidente do PSD aparece no restaurante a conversar com o amigo de longa data, Joaquim Pinto Moreira, um dos principais visados no processo.

Ao que se sabe, Luís Montenegro não está a ser investigado nem é alvo de suspeitas.

Últimas Notícias
Mais Vistos