Reportagem Especial

"Todos somos estranhos até percebemos que é normal"

Com a pandemia, a ansiedade e o medo da contaminação generalizaram-se. A repetição compulsiva de gestos de desinfeção, que antes seriam considerados estranhos ou mesmo patológicos, tornaram-se "normais".

A perturbação obsessivo-compulsiva é uma doença que, na forma grave, afeta 4 em cada 100 portugueses, mas todos nós, em algum momento da vida, lidamos com a ansiedade e com medos que nos bloqueiam.

Falar de doença mental continua a significar uma batalha contra o estigma, mas António Raminhos - comediante, Joana Marques Brás - atriz, Natália Guilherme - tri-atleta amadora e José Estevez - técnico de informática, aceitaram dar voz e rosto a este tema.

Para tornar clara a mensagem, convidámos os especialistas Pedro Morgado - psiquiatra e investigador da Universidade do Minho, Sofia Santos - psicóloga clínica e diretora da Associação Domus Mater, Ana Pinto Coelho - terapeuta e diretora do Festival "Mental e Miguel Xavier - diretor do Programa Nacional para a Saúde Mental.

"Todos somos estranhos até percebemos que é normal" são palavras que António Raminhos tem feito questão de sublinhar e é o título da Reportagem Especial deste sábado no Jornal da Noite da SIC.

Acompanhe o especial Saúde Mental

VEJA TAMBÉM:

  • 4:11