Desporto

Uma viagem pelos 20 anos de Luís Filipe Vieira no Benfica

É o presidente com mais títulos no clube.

Chega ao fim um ciclo de 20 anos de Luís Filipe Vieira no Benfica. Foi o presidente mais titulado e que mais anos esteve à frente dos destinos do clube.

Luís Filipe Vieira chegou ao Benfica pela mão de Manuel Vilarinho em 2001, como diretor desportivo, e em 2003 vence a primeira de seis eleições.

Seriam quase 18 anos na presidência, que o tornaram no líder mais duradouro e com mais títulos da história do Benfica.

À estabilidade financeira, juntou 22 troféus no futebol, entre eles sete campeonatos nacionais, três Taças de Portugal, sete Taças da Liga e cinco Supertaças Cândido Oliveira.

Chegou duas vezes à final da Liga Europa, mas o sonho europeu nunca chegou, apesar do investimento histórico na equipa principal de futebol.

Também pertence a Vieira a maior venda de sempre do futebol português.

Tem obra feita: pavilhões, piscina, museu Cosme Damião, Centro de Estágio do Seixal, a Benfica TV.

Momentos marcantes vividos durante a presidência de Vieira foram também as mortes de Miklós Fehér e Eusébio.

Mas nos últimos anos o percurso foi sendo assombrado por múltiplos processos judiciais que decorrem a diferentes velocidades e que incluíram o nome do Benfica e situações da vida pessoal.

O último a ser conhecido, Operação Cartão Vermelho, ditou a queda de Vieira, oito meses depois de ter sido reconduzido para um sexto mandato consecutivo, que - o próprio assumiu - seria o último.

Veja também: