Coronavírus

FC Porto e Benfica lutam pela liderança numa jornada sem público nas bancadas

(Arquivo)

Equipas estão separadas por 1 ponto.

Especial Coronavírus

FC Porto e Benfica vão continuar a lutar pela liderança da I Liga de futebol, numa 25.ª jornada em que todos os encontros vão ser disputados à porta fechada, uma situação inédita em Portugal, devido ao Covid-19.

Depois do empate caseiro com o Rio Ave (1-1) na última ronda, o FC Porto, que comanda a prova com um ponto de vantagem sobre os encarnados, tem no domingo uma deslocação que promete ser complicada ao terreno do Famalicão. Em destaque esta temporada nos dragões, o lateral Alex Telles vai falhar a deslocação à casa do atual sétimo classificado, devido a castigo.

Após um arranque de temporada fantástico, o Famalicão está a viver a fase mais difícil da temporada, tendo vencido apenas um jogo nas últimas oito jornadas.

Benfica recebe o Tondela

Quando entrar em campo, na partida que vai encerrar a jornada, a equipa de Sérgio Conceição poderá ter perdido provisoriamente a liderança, já que o Benfica recebe no sábado o Tondela, em mais uma tentativa de dar um pontapé na crise.

A formação de Bruno Lage, que vem de um empate no campo do Vitória de Setúbal (1-1), venceu apenas um dos últimos cinco jogos na I Liga e, contando com as outras competições, leva mesmo uma vitória em oito jogos, incluindo três derrotas.

Uma das dúvidas no Benfica é a manutenção de Pizzi na equipa titular, apesar do médio ser o segundo melhor marcador do campeonato. O internacional português tem sido bastante criticado pelo seu recente nível exibicional e por ter falhado três grandes penalidades nos últimos dois jogos.

Os jogos de FC Porto e Benfica vão ser disputadas sem publico, assim como todos os outros da I Liga, numa medida inédita da Federação Portuguesa de Futebol, que tem como objetivo monitorizar o impacto do Covid-19

Para já, em Portugal, são conhecidos 59 casos de pessoas que contraíram o novo coronavírus, número esse que deverá aumentar nos próximos dias.

Sporting defronta Vitória de Guimarães

Por essa razão, o Vitória de Guimarães, que tem a quarta melhor média de espetadores na I Liga (16.910), vai receber num estádio vazio o Sporting, no segundo jogo de Rúben Amorim no comando dos leões.

Depois da estreia em Alvalade com o Desportivo das Aves (2-0), num encontro em que o último classificado atuou com menos duas unidades durante 70 minutos, a deslocação a Guimarães será o primeiro grande teste de Amorim, que ainda não sabe se poderá contar com o central francês Mathieu, devido a problemas físicos.

Curiosidade também para Ristovski, habitual titular no lado direito da defesa, já que, no último jogo, reagiu mal a uma substituição, não tendo mesmo cumprimentado o novo técnico do Sporting quando abandonou o relvado.

Os leões estão obrigados a vencer para não deixar fugir ainda mais o Sporting de Braga na luta pelo terceiro posto, mas pela frente vão ter o melhor Vitória de Guimarães da época, já que vem de três triunfos seguidos na prova.

SC Braga viaja até aos Açores onde joga contra o Santa Clara

Por seu lado, no segundo jogo de Custódio, substituto o de Amorim, o Sporting de Braga promete também ter uma deslocação difícil aos Açores, para defrontar um tranquilo Santa Clara, atual 10.º classificado.

Na luta pela manutenção, o Aves, que já está a nove pontos da salvação, está obrigado a vencer na receção ao Belenenses SAD, para continuar ainda a ter alguma esperança na manutenção, enquanto o Portimonense, penúltimo classificado, joga em casa com o Gil Vicente, com Paulo Sérgio à procura ainda do primeiro triunfo desde que substituiu António Folha nos algarvios.

A ronda arranca na sexta-feira, com o Rio Ave, quinto classificado e equipa que já leva nove jogos sem perder, a receber o Paços de Ferreira, primeiro emblema acima da zona de descida.

Veja também:

  • 2:34