Coronavírus

Covid-19: Santuário de Fátima suspende celebrações litúrgicas

A instituição suspendeu as missas, o terço e a via-sacra.

Especial Coronavírus

O Santuário de Fátima anunciou hoje que vai suspender todas as celebrações litúrgicas a partir de sábado, seguindo as orientações da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), como contributo para travar a pandemia de Covid-19.

"O Santuário de Fátima procura desta forma atender às exigências do momento, tendo como prioridade a proteção dos peregrinos e dos seus colaboradores", informa, em comunicado.

A instituição religiosa adianta que "decidiu de forma responsável suspender as missas, o terço e a via-sacra, celebrações previstas no programa oficial", depois de a CEP ter determinado hoje "que os sacerdotes suspendam a celebração comunitária da santa missa até ser superada a atual situação de emergência" originada pelo novo coronavírus no mundo.

Hoje, a missa das 15:00, na Capela da Morte de Jesus, "já não será celebrada", enquanto na parte da manhã a peregrinação mensal de março foi realizada na Capelinha das Aparições, na presença do padre Vítor Coutinho, vice-reitor do Santuário de Fátima, no concelho de Ourém, distrito de Santarém.

"Sabemos todos que vivemos dias de alguma inquietação, de algum medo e insegurança, naturais às dificuldades de saúde que estamos a enfrentar, mas nem por isso podemos deixar de pensar que estamos em boas mãos", disse Vítor Coutinho.Citado na nota, apelou à "responsabilidade de cada um" para que "tudo corra bem".

"Enfrentamos um vírus que nos coloca na dependência uns dos outros e isso dá-nos consciência de uma fragilidade comum", referiu o sacerdote.

O momento, frisou o vice-reitor do Santuário, "exige respostas que só fazem sentido se se agir de forma solidária e articulada uns com os outros".

"Só sobrevivemos se cuidarmos uns dos outros".

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro de 2019, na China, e já provocou mais de 4.900 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de casos confirmados em Portugal de infeção pelo novo coronavírus, que causa a doença Covid-19, subiu hoje para 112, mais 34 do que os contabilizados na quinta-feira, e os casos suspeitos duplicaram para 1.308.

Veja também: