Coronavírus

"Vai ficar tudo bem", portugueses lançam videoclipe que corre mundo

Youtube

O tema, cujo título original é "Andrà Tutto Bene", está a tornar-se viral.

Especial Coronavírus

Dois amigos, o cantor e compositor Flávio Cristóvam e o realizador Pedro Varela, decidiram unir forças e fazer uma obra que se está a tornar num hino de esperança. O primeiro está nos Açores, na Ilha Terceira, e foi o promotor da iniciativa para a qual contou com a ajuda do amigo que, em Lisboa, não hesitou em aceitar o desafio.

"Nestes tempos estranhos, em que todos nos encontramos um pouco assombrados pela ansiedade, procuramos dentro de nós a melhor forma de a combater. Escrevi e gravei esta canção no meu pequeno estúdio como a minha forma de o fazer. Não é suposto ser nada mais do que a minha pequena tentativa de mandar um grito de esperança aqui do meio do mar para todos aqueles que neste momento mais precisam.
Fiquem bem. Separados lutamos, juntos resistimos. Um abraço a todos", escreveu o músico açoriano, numa publicação no Instagram, onde começou por ser divulgado o tema "Andrà Tutto Bene", em italiano, em português "Vai Ficar Tudo Bem".

Em Lisboa, Pedro Varela aceitou prontamente o desafio de Flávio Cristóvam.


"Há uma semana quando o meu muito talentoso amigo Cristóvam me envia o primeiro verso eu sabia que vinha aí algo muito especial... Isolado na Ilha Terceira, nos Açores, e para o mundo, ficará esta música poderosa a que acompanham imagens que nos são muito familiares por estes dias. Isto é para os que estão em casa e sobretudo e em especial para os que estão lá fora... a proteger-nos", escreveu o realizador no Intagram.

No vídeo, produzido pela Blanche Filmes e que contou também com a colaboração de Pedro Villas Silva, vemos imagens a preto e branco de cidades vazias, pessoas com máscara, algumas a desinfetar as ruas, ao mesmo de tempo que uma rapariga vai mostrando em folhas brancas partes da mensagem que o tema transmite, em várias línguas. Cantado maioritariamente em inglês, há também excertos em italiano e português.

"As cidades estão vazias como nunca estiveram. Toda a gente tem medo do que anda no ar. (...) Um dia vamos recordar os tempos difíceis... quando a distância era sinónimo de amor e era o que nos mantinha vivos".


Flávio Cristóvam é um cantautor açoriano, natural da Ilha Terceira. Iniciou-se na guitarra aos 11 anos e pouco tempo depois escreveu as suas primeiras canções. Em 2012 lançou o disco "The Closing Doors" com a banda October Flight. Em 2018, ano em que venceu a International Songwriting Competition, lançou Hopes & Dreams, um trabalho com a participação de vários músicos, incluindo dos Orelha Negra e Amor Electro.

Veja também: