Coronavírus

Centeno: "Não podemos confiar nos outros para recuperar"

Presidente do Eurogrupo não quer discutir coronabonds para já.

Especial Coronavírus

Mário Centeno considera que o debate sobre os coronabonds deve ficar para depois da pandemia. O presidente do Eurogrupo avisa, contudo, que a União Europeia não deve ficar dependente dos Estados Unidos ou de outros países e, por isso, defende um plano de recuperação financiado pelos países europeus.