Coronavírus

Surto de covid-19. Morreu um utente do lar de Torres Vedras

Lar de idosos (Arquivo)

Christian Hartmann

Em dois dias foram diagnosticados 20 novos casos positivos.

Saiba mais...

O surto de covid-19 no Lar de São José, em Torres Vedras, registou a primeira morte e um aumento do número de infetados de 62 para 89 em dois dias, de acordo com o boletim epidemiológico municipal este domingo divulgado.

O número de infetados divulgado na sexta-feira pela instituição era de 62 casos positivos, sendo 55 utentes e 12 funcionários.

Pela primeira vez, o surto foi referenciado no boletim epidemiológico de sábado, com um total de 69 infetados. O boletim epidemiológico de este domingo reporta 89 infetados, com 20 novos casos, e uma morte.

Na quarta-feira, as autoridades de saúde testaram todos os 124 utentes e 90 funcionários. A maioria dos utentes está assintomática e a recuperar no lar.

No âmbito do seu plano de contingência, a instituição está a separar os utentes por alas covid e não-covid, em função do resultado do teste, a criar circuitos autónomos e a constituir equipas específicas para apoiar os utentes infetados.

Todos os utentes passaram a usar máscaras de proteção.

Desde o início da pandemia, Torres Vedras, no distrito de Lisboa, contabiliza 2.664 casos confirmados, dos quais 627 estão ativos e 2.002 recuperaram. Trinta e cinco pessoas morreram.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.926.570 mortos resultantes de mais de 89 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 7.803 pessoas dos 483.689 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

O estado de emergência decretado em 9 de novembro para combater a pandemia foi renovado com efeitos desde as 00:00 de 8 de janeiro, até dia 15.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.