Coronavírus

Centro hospitalar do Algarve faz apelo a médicos e enfermeiros reformados

Número de internamentos continua a aumentar.

Saiba mais...

O centro hospitalar universitário do Algarve apela a médicos e enfermeiros reformados que se ofereçam para orientar os jovens internos que estão na linha da frente. Na manhã desta segunda-feira, na reunião do gabinete de crise, entre as maiores preocupações foram apontados os surtos em alguns serviços e a necessidade de aumentar os cuidados intensivos.

Com 87 doentes covid internados, Faro vê-se agora a braços com mais 19 infetados em surtos que surgiram dentro do próprio hospital, o que está a obrigar á reorganização dos espaços nas medicinas 1 e 2. O ritmo de entrada de novos casos tem aumentado todos os dias.

Entre as preocupações apontadas no gabinete de crise está a falta de recursos. Com mil camas de internamento e a resposta adicional do hospital de campanha, com doentes maioritariamente vindo de fora do Algarve, a sobrecarga no pessoal da casa está a chegar ao limite.

Houve reforço com jovens internos e alunos de medicina e enfermagem, mas faltam médicos experientes que ajudem na decisão clínica.

Dos 36 doentes internados no hospital de campanha em Portimão, 28 eram, na manhã desta segunda-feira, de fora do Algarve e já se preparavam camas para receber mais 20.

  • Quem és tu, César?

    Extremos

    Quando a investigação da SIC percebeu que a vida publicada de César do Paço poderia ser fruto da imaginação do protagonista, fizemos alguns esforços para conhecer a verdadeira face do empresário. O essencial dessas descobertas será revelado na Grande Reportagem "Cifrões e outros demónios, 2ª edição", último episódio da série "A Grande Ilusão", mas o detalhe dos dois doutoramentos revelamo-lo já aqui.

    Pedro Coelho

  • 0:23