Coronavírus

Reabertura dos centros comerciais com novos horários e controlo do número de clientes

Lojas fecham às 21:00 durante a semana e às 13:00 ao fim de semana.

Saiba mais...

A maioria dos centros comerciais e lojas com mais de 200 metros quadrados reabriram esta segunda-feira. Há mais de três meses que só funcionavam as farmácias, lojas de telecomunicações e supermercados.

A expectativa dos lojistas e dos clientes eram elevadas, pelo que as filas para algumas lojas foram enormes.

Os centros comerciais dão emprego a 300 mil pessoas. No ano passado 200, das 8 mil lojas daqueles espaços, tiveram que fechar.

Os centros comerciais têm novos horários: as lojas de retalho e os hiper mercados, durante a semana, têm de fechar às 21:00 Só os restaurantes podem fechar às 22:00 e os cinemas à meia noite.

Aos fins de semana e feriados, o comércio e a restauração continuam a ter que parar às 13:00 e só os hipermercados podem estar abertos até às 19:00.

Uma terceira fase de desconfinamento em que ficaram ainda de fora 10 concelhos.

O QUE REABRE "NA GENERALIDADE DO TERRITÓRIO NACIONAL"

OS SEIS CONCELHOS QUE NÃO AVANÇAM

seis concelhos que não avançam para esta terceira fase por estarem acima dos 120 casos por 100 mil habitantes a 14 dias. São eles Alandroal, Albufeira, Carregal do Sal, Figueira da Foz, Marinha Grande e Penela. Nestes concelhos mantêm-se as regras que estão atualmente em vigor, correspondentes à segunda fase do desconfinamento.

Inicialmente Beja foi incluída nesta lista, no entanto a Direção-Geral da Saúde já veio reconhecer o erro nos dados da incidência. Afinal são 107 os novos casos por 100 mil habitantes acumulados nos últimos 14 dias, entre 31 de março e 13 de abril. Isto significa que o concelho sai da linha vermelha traçada pelo Governo - que é de 120 novos casos por 100 mil habitantes - e pode avançar para a nova fase desconfinamento.

É permitido:

- Funcionamento de lojas até 200 m2 com porta para a rua;
- Feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal);
- Funcionamento de esplanadas, com a limitação máxima de quatro pessoas por mesa, até às 22:30 nos dias de semana e até às 13:00 aos fins de semana;
- Prática de modalidades desportivas consideradas de baixo risco;
- Atividade física ao ar livre até quatro pessoas;
- Funcionamento de ginásios sem aulas de grupo;
- Funcionamento de equipamentos sociais na área da deficiência.

QUATRO CONCELHOS RECUAM NO DESCONFINAMENTO

Os quatro concelhos com mais de 240 casos por 100 mil habitantes vão voltar a estar sob as regras da primeira fase. São eles Moura, Odemira, Portimão e Rio Maior. Devem cumprir apenas as regras que estavam impostas a 15 de março, no arranque do desconfinamento.

Nestes quatro concelhos voltam a fechar:

  • Esplanadas:
  • Lojas até 200 metros quadrados com porta para a rua:
  • Ginásios;
  • Museus, monumentos, palácios, galerias de arte e similares;
  • Proibida a circulação entre concelhos;
  • Proibida as modalidades desportivas de baixo risco;
  • Proibida a realização de feiras e mercados não alimentares;

Permite-se, contudo, o funcionamento de comércio ao postigo, comércio automóvel e mediação imobiliário, salões de cabeleireiros, manicures e similares, estabelecimentos de comércio de livros e suportes musicais, parques, jardins, espaços verdes e espaços de lazer, bibliotecas e arquivos.