É um problema de amor

"Talvez um burguês"

Humberto Candeias

Humberto Candeias

Repórter de Imagem

Vanda Paixão

Vanda Paixão

Editora de Imagem

Nascido numa família da burguesia portuense, Arnaldo Trindade herda do pai um próspero comércio de eletrodomésticos. A família era importadora da "Philco", em Portugal. Mas seria a música que lhe daria dos maiores prazeres na vida.

Em 1956 lança a editora Orfeu e inaugura o registo da obra poética de nomes como José Régio, Sophia de Mello Breyner, Miguel Torga, Eugénio de Andrade, Aquilino Ribeiro, Jaime Cortesão, Ferreira de Castro, José Rodrigues Miguéis, Agustina Bessa Luís, Fernando Namora, entre outros.

Mas seria também com a chancela da Orfeu que artistas como José Afonso e Adriano Correia de Oliveira gravariam alguns dos discos mais importantes da "música de tema" portuguesa, como Arnaldo Trindade chama à canção de protesto que marcou a produção artística, no nosso país, durante o Estado Novo.

Veja também:

► Reportagem Especial: "É um problema de amor"

Paulo de Carvalho: "Se fiquei na história foi por acaso"

Jorge Palma: "Portugal era um atraso de vida"

José Jorge Letria: "As cantigas foram fundamentais para que houvesse 25 de Abril"

Francisco Fanhais: "Eu não podia ficar nas encolhas"

Sérgio Godinho: "Tenho canções de forte empenho social"

Manuel Freire: "Eu quero dar um recado com as cantigas"

Fernando Tordo: "O medo hoje tem outras cores, outro cheiro, outro som, mas existe"

Carlos Mendes: "Nós invadimos os festivais da canção para contestar"

Luís Cília: "Depois de 1974, a chegada a Portugal foi uma festa"

José Barata-Moura: "Toda a canção é política mesmo quando o autor quer fugir disso"

►A PÁGINA DA REPORTAGEM ESPECIAL

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia