UEFA Euro 2020

UEFA Euro 2020. Ingleses proibidos em Roma

A medida insere-se no âmbito do combate à pandemia da covid-19.

Os ingleses que chegam a Itália por estes dias não vão poder assistir ao jogo dos quartos de final com a Ucrânia em Roma para o Europeu de futebol.

As autoridades italianas garantem que nenhum adepto britânico será autorizado a assistir à partida do próximo sábado sem um teste negativo e quarentena de pelo menos 5 dias.

O governo regional da Lazio, onde pertence a capital Roma, emitiu um invulgar comunicado em inglês a garantir que as restrições em vigor são para cumprir, em especial devido à variante Delta.

A imprensa italiana está ainda avançar que haverá fiscalizações extra a quem regressou do Reino Unido nos últimos dias.

Inglaterra abdica de bilhetes e pede a adeptos para não irem a Roma

A Federação Inglesa de Futebol (FA) informou na quarta-feira que abdica dos 2.500 lugares a que tinha direito no jogo de sábado, com a Ucrânia, dos quartos de final do UEFA Euro 2020, apelando aos adeptos para não se deslocarem a Roma.

"Infelizmente, a FA não venderá nenhum bilhete (...) para este jogo, face às restrições existentes nos dois países", indicou o organismo federativo, acrescentando ser esta uma medida no âmbito do combate à pandemia da covid-19.

À entrada em Itália, os adeptos têm de cumprir um isolamento de cinco dias, estando o jogo agendado para dentro de três, no sábado, e no regresso a Inglaterra é necessária nova quarentena, de mais 10 dias.

Nos quartos de final do UEFA Euro 2020, a Inglaterra, que bateu a Alemanha por 2-0, defronta no sábado a Ucrânia, em jogo marcado para as 21:00 locais (20:00 em Lisboa), no Estádio Olímpico de Roma, em Itália.

► ESPECIAL UEFA EURO 2020