Guerra Rússia-Ucrânia

Rússia admite erros na mobilização de reservistas para guerra na Ucrânia

Loading...

Porta-voz do Kremlin fala em casos de pessoas doentes, idosos ou inexperientes.

O Kremlin admite erros na mobilização de reservistas para lutar na guerra na Ucrânia.

Dmitry Peskov diz que tem havido muitos casos de pessoas idosas, doentes ou inexperientes a serem mobilizados.

Estas declarações surgem depois das autoridades russas terem dito que a mobilização dos 300 mil reservistas dizia apenas respeito a pessoas com experiência militar ou com as competências necessárias.

Sobre o encerramento de fronteiras na Rússia, o porta-voz do Kremlin diz que ainda não foi tomada qualquer decisão.

Só este fim-de-semana, cerca de 17 mil russos chegaram à Finlândia.

Últimas Notícias
Mais Vistos