Isabel II

Produção da série The Crown deverá parar “por respeito” à Rainha

Produção da série The Crown deverá parar “por respeito” à Rainha
Instagram - The Crown
O escritor Peter Morgan reagiu à morte da monarca afirmando que a série “é uma carta de amor” à Rainha Isabel II.

A produção da série da Netflix The Crown deverá parar as gravações devido à morte da Rainha Isabel II. O argumentista Peter Morgan disse que a série é “uma carta de amor à Rainha” e que esperar que a Netflix interrompa as gravações da sexta temporada “por respeito” à monarca.

O The Crown é uma carta de amor a ela e não tenho mais nada a adicionar para já, só silêncio e respeito. Espero que as gravações parem em respeito”, escreveu Peter Morgan, citado pelo Deadline.

A possibilidade da Rainha morrer durante a produção da série já tinha sido equacionada. Em 2016, Stephen Daldry, um dos diretores, tinha afirmado que, caso Isabel II falecesse, a produção da séria seria interrompida.

Nenhum de nós sabe quando esse momento irá chegar mas será correto e apropriado mostrar respeito à Rainha. Será um simples tributo e uma marca de respeito. Ela é uma figura global e é o que devemos fazer”, cita também o Deadline.

A Netflix já anunciou que a quinta temporada da famosa série que conta a história da monarca britânica e da sua família irá estrear no mês de novembro.

A sexta temporada – e última – já está em produção. Peter Morgan tinha anunciado que a história contada pelo The Crown iria terminar na quinta temporada, mas o autor mudou de ideias e decidiu voltar ao plano original de dividir a história em seis partes.

À medida que começamos a discutir o desenlace da história da quinta temporada, tornou-se claro que para fazer justiça à riqueza e complexidade da história deveríamos voltar ao plano original e fazer seis temporada”, cita a Variety. A página de Twitter da Netflix do Reino Unido partilhou esta afirmação, dando-lhe validade.

O que se sabe das próximas temporadas

Não se sabe o dia de estreia, apenas foi anunciado o mês: novembro. E quem melhor para o fazer o anúncio que a “nova” Rainha Isabel II: Imelda Satunto, conhecida também pelo papel de Dolores Umbridge na saga Harry Potter.

Num vídeo partilhado no Instagram, a atriz mostra-se satisfeita por poder “herdar o papel de Rainha Isabel II de duas incomparáveis atrizes”, referindo-se a Claire Foy, que representou o papel da rainha na temporada 1 e 2, e a Olivia Colman, que integrou o elenco nas temporadas 4 e 5.

Apesar da Rainha ser a protagonista da história, a próxima temporada deverá focar-se também na história de Carlos e Diana. Nos últimos episódios que foram lançados, o casamento entre o filho mais velho da Rainha e Diana Spencer estava prestes a acabar.

A princesa Diana deverá ser interpretada por Elizaberth Debicki. Dominic West irá assumir o papel do príncipe Carlos e Olivia Williams será Camila Parker Bowles. Sabe-se também que Lesley Manville vai seguir-se a Helena Bonham Carter no papel de princesa Margaret e que Jonathan Pryce será o príncipe Filipe, Duque de Edimburgo.

Cada uma das temporadas até agora lançadas tem-se focado numa década. Por essa lógica, os fãs esperam que a quinta aborde os acontecimentos que marcaram os anos 1990. É nesta década que a monarquia é atingida por diversos escândalos: os divórcios entre os filhos da Rainha, a escandalosa entrevista de Diana e as mortes da princesa do povo, da Rainha-mãe e de Margaret. Também o incêndio no castelo de Windsor deverá ser retratado nos próximos episódios.

Não está previsto que a série The Crown chegue aos dias de hoje, pelo que a morte e funeral da Rainha não serão retratados. Os argumentistas pretendem acabar com a história da família real em meados dos anos 2000, deixando de fora acontecimentos mais recentes e polémicos como o casamento do príncipe Harry com Meghan Markle e a saída dos duques de Sussex da família real.

No entanto, o casal William e Kate Middleton irá aparecer na série, tendo sido anunciados os nomes dos atores: Rufus Campa e Ed McVey irão dar vida ao príncipe William, Meg Bellamy será Kate Middleton.