Qatar 2022

FIFA acusada de querer passar boa imagem após polémicas de violação de direitos humanos

Loading...

FIFA organizou encontros entre as seleções dos Países Baixos e Inglaterra com imigrantes.

A seleção dos Países Baixos permitiu aos imigrantes, que construíram os estádios no Qatar, participar num treino. Um outro encontro com a seleção inglesa foi organizado pela FIFA que está a ser acusada de querer passar uma boa imagem, depois de várias polémicas de violação dos direitos humanos.

Foi uma oportunidade de participar no treino da seleção dos Países Baixos para os imigrantes que ajudaram a construir os estádios onde se vai disputar o campeonato Mundial de Futebol.

Ação semelhante, mas com a seleção inglesa, foi organizada pela FIFA, que está a ser acusada de tentar passar uma boa imagem, depois de ser alvo de duras críticas de violação dos direitos humanos.

As más condições de trabalho na preparação do mundial já causaram milhares de mortes, num país em que a comunidade LGBT é ilegal.

Como forma de apoio, o capitão da seleção inglesa, Harry Kane, é um dos jogadores de oito equipas que está disposto a usar uma braçadeira contra a discriminação, mesmo que esta atitude resulte numa multa.

Também na música, o incumprimento dos direitos humanos está a causar reações. Shakira, uma presença habitual na abertura de campeonatos do mundo, recusou o convite do Qatar. À cantora colombiana juntam-se, por exemplo, Rod Stewart e Dua Lipa.

Últimas Notícias